Ei, tem alguém ai?
Tempão eim.

Estava com saudade de escrever textos mais extensos, contar os bastidores da nossa empresa, ensinar alguma coisa, enfim, escrever artigos mais longos e que trouxessem algum aprendizado para quem o lê.

Pra você imaginar, de junho pra cá, quando escrevi o último artigo, foram dez unidades vendidas, sete inaugurações, alguns mil quilômetros rodados nesse Brasil e algumas novidades que que virão pela frente.

==> Conheça nossas unidades

De uma coisa posso garantir, foi um ano muuuuito intenso para a DoctorFit.

E o que vou escrever hoje, são lições de vida que se alguém me ensinasse lá no início, não teria errado e quebrado o tanto que errei e já quebrei.

Vai ser um texto duro, um diálogo que irei ter com meus filhos, caso decidam por empreender.

É muito bonito contar as vitorias, mas é nas derrotas que você aprende e amadurece.

Logo, se você quer encurtar seu caminho de empreendedor siga comigo até o final pois de uma coisa eu garanto, não vou passar a mão na sua cabeça, mas vou te mostrar que aqui vivemos o empreendedorismo raiz.

Toma lá!

01 – Você irá trabalhar muito mais do que quando era funcionário.

– Ain Cris, isso eu sei, mas agora eu vou trabalhar por algo que é meu.

Jovem entenda, você irá trabalhar muito, demais, algo inimaginável para ter retorno financeiro, se é isso que desejar, obvio. E quando eu digo muito, se prepare para doze, quatorze, dezesseis horas de trabalho duro, durante os primeiros anos. Não existe mais sorte de principalmente no mundo dos negócios. Ou você se prepara para viver intensamente os primeiros anos do seu negócio, ou você será somente mais uma estatística para o Sebrae, de empresas que faliram até o quinto ano.

– Ain Cris, mas está tudo calculado, vou contratar um profissional para dar aula no meu estúdio, alguém para fazer venda e uma menina para fazer meu administrativo.

Filho, nos primeiros meses além da grana ser curta, e isso vai acontecer, nenhum funcionário vai trabalhar com mais afinco, determinação e foco quanto o dono do empreendimento, logo já ouviu aquele ditado né: barriga no balcão. Se você espera qualidade de vida e descanso nos primeiros anos do seu negócio, confie em mim, empreender não é para você!

Vale a leitura ===> Como tirar seu projeto do papel e ganhar dinheiro com ele

02 – Não romantize seu negócio, o sucesso do empreendimento está da porta pra fora.

Eu criei um hábito no treinamento de pré-inaugurarão de nossos franqueados, os assustar fervorosamente, apontando as estatísticas de falência, mostrando os casos quebra das empresas e o porquê entram nesse colapso.

E o porquê ajo sim?

Para que eles entendam que não existe negócio sem cliente, que a venda acontece mesmo antes da inauguração. Que o único foco deles até ter o retorno de investimento é vender e atender bem, lembre-se jamais abre-se negócio esperando o cliente chegar até a unidade, prospecção ativa é o nome do jogo.

É normal se abrir negócio pensando na parte bonita, que é o atendimento, o cuidado com o cliente, a espera numa sala com ar condicionado e a tranquilidade de ter um passo a passo aquele aluno.

Mas o que acontece, é que o mundo real é extremamente duro, menos elegante, mais intenso e ele, o mercado, a concorrência, não esperará que seu estúdio ganhe conhecimento do público, apareça para as pessoas que necessitam do seu serviço.

Ou você abre o negócio tendo essa habilidade de venda, ou contrata algum vendedor sangue no olho e ambicioso. Não existe meio termo, pensou em abrir o negócio, sola de sapato para prospectar todo santo dia.

===> Como me tornei gestor – Case de um Franqueado para quem busca empreender em franquias

03 – Sociedade – Somente para trabalhar em características que você não possui.

Essa é uma verdade esmagadora, absoluta e indiscutível.

Pergunte para 10 empreendedores que terminaram suas sociedades se os mesmos não prefeririam ser sócios do banco se hoje tivessem a opção.

Infelizmente os brasileiros em geral não conseguem separar lado pessoal, do lado profissional, então quando começa acontecer os problemas, que vai acontecer, eu garanto, algum lado da sociedade acaba levando muito mais para o lado pessoal, assim não sabendo separar.

Ainda nesse tópico, contrate um bom advogado e especifique clausulas de saída de empresa, funções, horários, valuation, avaliação e o construa pensando sempre no pior cenário possível que pode acontecer. Entenda que o principal objetivo de um contrato é ter total clareza pra ambos que um CNPJ jamais deve estar à frente de um CPF, mas que negócios são negócios.

04 – O sucesso de um negócio é o espelho do dono.

Você tem que ter uma fome esmagadora por conhecimento. Simples assim. O mercado destrói o vagabundo e o preguiçoso.

Doeu? – Leva mal não, apenas estou te ajudando a não quebrar. A vida bate muito mais forte do que essas palavras.

Vou te contar uma história bem bacana. Acompanha aqui.

Nós como franqueadores sempre auxiliamos os franqueados na contratação da equipe, e quando o assunto é vendedor, sempre tenho duas perguntas chaves: qual foi a maior quantia que você ganhou como vendedor? E se você gosta de estudar?

Ao perguntar qual foi a maior quantia que já ganhou como vendedor consigo descobrir o quão ambicioso que esse vendedor é, assim definindo a principal habilidade que considero num executivo de vendas, a angustia por fazer dinheiro. E após indagar se ele gosta de estudar e tem sede pelo conhecimento, pergunto quais foram os cursos e livro que ele estudou e leu nos últimos seis meses. Ali mato dois coelhos com uma cajadada só, vejo se é verdadeiro e se tem fome por conhecimento mesmo. Mas vai por mim, nisso nunca me engano, equipe é perfil do dono. Se você é preguiçoso e vagabundo, não espere nada diferente do seu grupo.

Cultura almoça estratégia no café da manhã. Entendeu né?

Obrigado Drucker por essa poesia em forma de frase.

===> Cinco conselhos sobre: Gestão, Vendas e Marketing

05 – Lideres comem sempre por último, antes e sempre o mérito é dado ao time.

Simon Sinek é o guru dos americanos e uma coisa fica clara nas empresas que perduram ao longo do tempo, times excelentes.

Tocamos hoje, uma empresa com mais de 2.800 alunos com o Felipe no Marketing, a Mariane nas vendas, a Rafaela no projeto de arquitetura, o Thiago no Jurídico, o Lucas no financeiro, o Charles na Contabilidade e eu a Clarissa dando pitaco em tudo, ou seja, essa empresa só cresceu por que nossa equipe perfoma demais, trabalham muito mais do que ganham e abraçam a cultura que tanto desejamos.

====> A importância de você construir e desenvolver sua equipe

Para finalizar meus amigos: dividir para conquistar. Impossível você crescer sozinho.

Espero do fundo do coração que este artigo tenha ajudado, logo se auxiliou deixa um comentário aqui abaixo!

Seja um franqueado DoctorFit

Deixe os seus dados abaixo para receber a ligação do nosso time de expansão.
Divulgue para todo mundo :D

Escreva seu comentário sobre esse post!