Ah se emagrecer fosse fácil!

Muito se faz para tentar um emagrecimento rápido! Dietas malucas e excesso de exercício são as duas táticas mais utilizadas para reduzir aquela gordura indesejada, porém já sabemos que essas ações podem causar danos ao nosso metabolismo e geralmente peso perdido rápido é recuperado em dobro na metade do tempo. Nesse texto vou comentar os cinco mitos sobre emagrecimento que mais ouço e vejo em minha prática clínica de médica e profissional de Educação Física.


MITO 1: “Só emagrece quem faz exercício aeróbico”

Um dos conceitos mais antigos que me lembro nesse momento, e que ainda muitas pessoas acreditam e executam é a teoria de que somente se emagrece se o treino for aeróbico. O famoso “aeróbico” é aquele treino na esteira, bicicleta, elíptico, escada, caminhada, etc.; em teoria a produção de energia para o metabolismo aeróbico utiliza como combustível a gordura armazenada em nossas reservas corporais e, portanto, seria mais eficiente do que um treinamento resistido, a musculação, que utiliza como fonte energética o carboidrato. Mas a realidade de produção da energia para as atividades físicas não respeita a ideia de ou um substrato ou outro (gordura ou carboidrato).

Nosso metabolismo está sempre utilizando a gordura como fonte de energia (principal fonte para a manutenção energética no repouso) e o carboidrato conjuntamente. O que vai definir quanto será utilizado de cada um é a intensidade do esforço, ou seja, a capacidade que tal atividade tem de quebrar a homeostase corporal. Então, atividades aeróbicas de baixa intensidade podem não ser a melhor estratégia para queimar calorias provindas da gordura de reserva!

Hoje é sabido que quanto maior tempo conseguirmos manter em alta intensidade de treinamento, variando entre metabolismo aeróbico e anaeróbico de produção de energia, maior a capacidade de gerar estresse metabólico e maior o gasto energético total durante e após o treino. Assim, utilizará um tanto de carboidratos, mas certamente necessitará utilizar gordura, e muita!

MITO 2: “Termogênico é o melhor suplemento para emagrecer”

Muitos clientes me pedem diariamente a prescrição de produtos para auxiliar o emagrecimento. Eu geralmente não prescrevo nada!

A grande preocupação que deveríamos ter durante o processo de emagrecimento é com a mudança de comportamento em relação à comida, em relação a se alimentar, se nutrir! É um grande mito achar que o Termogênico é o responsável pelo seu emagrecimento, provavelmente você tomou esse produto, mas o efeito de melhora do treino e da disposição veio pelo seu incentivo de treinar melhor, e não pela substância química, tenho certeza.

Termogênicos são um tanto arriscados! Podem causar taquicardias, alterações metabólicas, pancreatite aguda, rabdomiólise, e tantas outras coisas graves. Se você quiser a minha opinião, não use! Converse com o médico ou nutricionista e pense, talvez, em um pré-treino que tenha as suas necessidades e não o Termogênico pronto que pode vir com substâncias que nem sabemos que estão lá dentro.


MITO 3: “A dieta sem carboidrato é a que mais emagrece”

Certamente reduzir a quantidade de carboidratos pode contribuir muito para o emagrecimento, principalmente se a pessoa que iniciar essa dieta consumia muito esse tipo de alimento, já que eles são grandes campeões de calorias (por exemplo: macarrão, pão, arroz, etc.). Porém, estudos mostram que a estratégia LowCarb ou a dieta tradicional de redução de calorias totais, em estudos de longo prazo (24 meses), terão o mesmo resultado final de emagrecimento.

Se eu acredito que é interessante reduzir calorias provindas dos carboidratos? Com certeza, pelo menos para mim tenho resultados ótimos desde que comecei a tirar o carboidrato do meu dia a dia! Mas, idealmente você precisará de uma avaliação do profissional de saúde para saber se é uma dieta adequada para o seu perfil. No final das contas, o que contará mesmo é a redução calórica total do dia e o gasto de energia com as atividades físicas e exercícios programados. E, mais do que ficar sem carboidrato por uma ou duas semanas, o resultado do emagrecimento e a manutenção do peso acontecerão para quem conseguir manter as estratégias dietéticas por mais tempo.

Emagrecer e manter o peso são resultado de constância.


MITO 4: “Tenho doença da tireoide por isso não emagreço”

A tireoide realmente é um órgão importantíssimo do nosso copo e regulador geral do metabolismo. Pode certamente influenciar no processo de emagrecimento, como também em muitas outras reações orgânicas. Contudo, não culpe sua tireoide por você estar obeso ou acima do peso. Certamente não é a tireoide a responsável! As escolhas alimentares e a quantidade de atividade física diária que são responsáveis! Portanto não faça da tireoide o “bode expiatório” do seu excesso de peso! E se você já foi diagnosticado com alterações de tireoide, procure um endocrinologista e inicie o tratamento. Tireoide bem tratada, aí sim você não terá desculpas para não emagrecer.


MITO 5: “Só consegue emagrecer quem passa fome”

Não!!! Eu como muito!!! Mais de 1800 calorias dia!!! Você pode estar se perguntando, mas como Clarissa come tanto e tem peso adequado? A resposta é quantidade de MASSA MUSCULAR. Quem tem grande quantidade de massa muscular não precisa passar fome, ao contrário, precisa comer bastante para manter a composição corporal. Quem emagrece rápido demais geralmente perde muita quantidade de músculo, o que implica em redução da sua taxa metabólica basal. Trocando em miúdos, essa pessoa precisará comer cada vez menos para continuar emagrecendo!

Uma última dica minha é: emagreça com constância, mais devagar e perdendo o mínimo de massa muscular possível (de preferência manter ou aumentar a quantidade desse componente corporal), e você conseguirá manter a sua nova composição corporal por muito mais tempo, quem sabe a vida toda!

Enfim, repensar a forma de se alimentar e de se movimentar, todos os dias.

Esse é o segredo de ser magro.

Quer resultados em seu processo de emagrecimento?

Encontre a DoctorFit mais próxima e faça uma aula experimental.

Ver todas as unidades  >

Sócia e Diretora Técnica da Franquia DoctorFit, Médica e Profissional de Educação Física

Divulgue para todo mundo :D

Escreva seu comentário sobre esse post!