Esse talvez tenha sido o artigo mais denso e longo que escrevi sobre o tema.

Trouxe todo meu conhecimento do campo de batalha e pontuei cada detalhe que achei importante.

E, sem enrolação, de primeira vou te mandar a real…

Seu primeiro negócio?

Vai de franquia.

Tem mais negócios e não está nem aí para ter seu nome na fachada e quer apenas ter lucratividade no business?

Franquia.

Tá bom, tá bom, entendo que você esteja pensando que estou fazendo o meu papel de vender a ideia e como todo dono do negócio tenho de fazer o papel de advogado do diabo defendendo nossa marca, correto?

ERRADO!

E vou provar ponto a ponto cada objeção sobre a nossa franquia ser o melhor investimento quando comparado a você ter um estúdio próprio.

Digo mais, vou apontar as incoerências que acontecem na venda das franquias e vou ser o mais justo possível nas respostas, mostrando números e detalhes que ninguém conta.

Por isso, caso você esteja em dúvida, ainda, sobre franquia ou estúdio próprio, preciso que leia esse artigo até o final, pois, somente assim vou conseguir defender meu ponto de vista com segurança e propriedade.

Vamos lá então.

Seja um franqueado DoctorFit

Deixe os seus dados abaixo para receber a ligação do nosso time de expansão.

PREVISIBILIDADE x DESBRAVAMENTO

O empreendedor que abre um negócio possui um espírito desbravador de querer conquistar algo a mais, de buscar por mais liberdade de tempo e dinheiro, de gerir seu crescimento como ele bem entender e de provar para si mesmo que ele é capaz.

Ambos os caminhos podem dar certo e possuímos cases e mais cases que comprovam isso. Porém, a diferença da taxa de mortalidade de empresas normais quando comparadas as franquias é gritante.

Segundo dados do Sebrae, ao longo de dez anos, de cada 100 empresas que abrem as portas, 75 fecham seus negócios. Em franchising a cada 100 que abrem na mesma data, somente 15 encerram suas operações no mesmo período.

O que anseio te mostrar é o seguinte: se, por acaso você deseja construir uma marca própria com seu nome, com seu perfil, e não tem interesse de seguir um procedimento já testado por anos a fio, coloque uma empresa própria. Caso contrário, continuamos sendo melhor opção.

Encontrei um comentário do Presidente da Associação Brasileira de Franchising André Friedheim, que contribui com nosso modelo de pensamento:

“A chance de acerto com uma franquia é de cerca de cinco vezes maior se comparado à uma empresa comum. Sem falar que a franquia conta com ganho de escala, tem propaganda própria e uma rede colaborativa de negócios em que o franqueado usufrui das informações. É claro que há um risco, como em qualquer negócio. Porém, é possível dizer sim que se o franqueado seguir todas as instruções da rede e trabalhar bastante, fica consideravelmente seguro investir em franquias”.

Estúdio da DoctorFit em Uberaba Minas Gerais

ESTÁGIOS DE TODA EMPRESA E O DESCONHECIMENTO DE COMO AGIR

Se você leu com calma a primeira parte desse artigo entendeu que sem risco não existe crescimento, sem risco não se tem expansão, e que risco demais quando você não possui maturidade e background para empreendedorismo, te levam para falência.

E falir dói.

Por isso, quero agora compartilhar as etapas de maturidade das empresas e por que toda franquia é muito mais estruturada em cada momento, quando comparado ao estúdio próprio.

====> Como montar um estúdio de treinamento personalizado.

Primeiro estágio: sobrevivência.

Nessa etapa você tem dois grandes focos e eles podem durar até 18 meses: manter alunos no estúdio através de prospecção ativa, fazendo com que seu caixa permaneça no azul e, construir um branding forte.

Nesses primeiros meses é praticamente impossível você dar aula, gerir o negócio, cuidar da limpeza, fazer marketing e vender.

Dessa maneira, seu foco para esses primeiros meses tem que ser prospecção ativa e manutenção de alunos treinando.

Se você estiver com o caixa positivo vai conseguir trabalhar com mais cautela, se envolver com mentorias e cursos com profissionais melhores e mais experientes que você e, principalmente, se preparar sem estar com a água no pescoço.

No campo do branding, é fundamental que você finque a bandeira num raio de até dois quilômetros. Essa será a grande parte da população que formará o seu público.

Esse terreno é todo seu, você deve dominar ele. Quando qualquer prospecto pensar em atividade física, nesse espeço geográfico, deve lembrar inicialmente do em seu estúdio.

A importância da marca vai muito além do quesito construção de empresa forte, ela bate muito em cima da sua consolidação como referência do mercado.

Agora, após você entender esses dois conceitos, quero que você faça um comparativo comigo: Nossa Franquia por exemplo, já possui 48 unidades.

Qual dessas têm o maior branding?

Nossa marca com 48 unidades ou você iniciando o negócio do zero?

E, o principal ponto da etapa um das empresas: capital de giro.

Nossos estúdios iniciam suas operações com capital de giro de dois meses, pois temos clareza e histórico que no geral nosso ponto de equilíbrio (equilíbrio entre receitas e despesas) será atingido em 45 dias.

Mesmo que, embora você possua um bom lastro pra vendas e gestão, quando iniciamos um estúdio próprio não temos esses números em primeira mão, apenas uma estimativa.

Segundo estágio: existência.

Entre trancos e barrancos, muitos nãos e aprendizados, você finalizou seu primeiro ano e está de parabéns por conseguir superar a barreira do descredito e falta de cliente.

Mas, agora você chega no segundo problema.

Não é um problema ruim, diga-se de passagem, mas é um problema que se não for solucionado imediatamente pode novamente te trazer muita dor de cabeça e te levar ao retrabalho contínuo.

É o problema da falta de processos claros na da empresa e delegação de tarefas.

Como você estava focado em conquistar e manter clientes, quando observou seu negócio com mais alunos você teve a clareza da necessidade de contratação de alguém.

Porém, você não teve tempo para preparar esse material, construir esses procedimentos operacionais e saber como delegar e liderar esses subordinados, em cada uma das tarefas que precisarão executar.

Então, passa o tempo, você se vê com 150 clientes, trabalhando das 06:00 horas da manhã às 22:00… horas a fio para mantê-los engajados e no meio de toda essa bomba. Você vai ter que parar e pensar como construir esses processos, mesmo que sem tempo e com a agenda lotada. E, ainda, sem background de como construir isso.

Que dor de cabeça, não é?

Mas vou te ajudar a chegar na terceira etapa, fica comigo: um de nossos principais diferenciais competitivos como franqueadora está em ter todos os processos operacionais claros, simples e praticáveis, isso desde a implementação do estúdio, até marketing, vendas, técnico, gestão e demais áreas.

Terceiro estágio: Sucesso.

Parabéns se chegou até aqui, são pouquíssimos que conseguem!

Nessa etapa você já acertou a mão e já está colhendo os louros do sucesso.

Agora, como bom empreendedor, você passará a pensar como expandir seu estúdio, colocar a segunda unidade, gerenciar dois negócios ao mesmo tempo, contratar e lidar com mais funcionários, enfim, sua principal função já não é mais operacional, sua necessidade como dono da empresa está sem formalização do negócio.

E como você nunca fez isso, advinha o que pode acontecer? – isso mesmo, mais erros podendo muitas vezes ter que fechar o negócio e voltar para o estágio dois.

Como uma franqueadora soluciona isso?

Duas maneiras:

– Primeira testando! Hoje temos unidades próprias em operação;

– Segundo, com pensamento de comunidade.

Imagine você convivendo com 48 empresários (atualizado dia 30/07/2020) que possuem o mesmo objetivo que o seu?

Sua chance de acerto é muito maior quando comparado a estar sozinho.

Quarto estágio: Maturidade.

Agora você precisa de renovação de processos, inovação dos serviços, aprimoramento do modelo de negócio, diminuição de custos operacionais e aumento da margem de lucro.

Nesse estágio sua empresa provou que o modelo de negócio deu certo, que o bussines funcionou, que foram superadas todas as barreiras e dificuldades.

Porém, é importante manter cautela e humildade, pois, não existe estabilidade em negócios.

Por ser franqueador, minha principal função é continuar mostrando os kpis indicativos de performance da sua empresa, e caso seus resultados estejam abaixo do esperado eu serei seu gerente de franqueados para manter o sucesso ocorrendo.

Serei seu mentor, propriamente dizendo.

Você pode, então, concordar comigo que, até aqui, o modelo de franchising comparativamente ao estúdio próprio é mais seguro e maduro, correto?

Pois bem, continuo.

Cristiano Hoffman no treinamento aos franqueados em Paulínia, SP – Encontro dos Franqueados 2019

CUSTOS TOTAIS x CONHECIMENTO ESPECÍFICO

Se você for profissional da área da saúde vai gastar em equipamentos e infraestrutura muito além do que se é necessário para iniciar o estúdio, e, provavelmente, não vai saber o que deve gastar para iniciar esse negócio, visto que seu conhecimento sobre esse tema não é tão específico assim.

Ai entramos nós com todo know-how de anos operando estúdios.

Já construímos estúdios com R$ 50.000 mil e com R$ 150.000, já acertamos em comprar muitos equipamentos e erramos em não comprar tanto.

Mas essa experiência do timing, em gerir o financeiro só foi desenvolvida depois de anos e anos errando para saber como conduzir de maneira ideal o financeiro.

O que posso garantir com isso: infraestrutura importa mas não é tanto, equipamentos é fundamental mas não é o mais importante. Agora, saber como gerir esses dois de maneira correta é o que vai fazer a diferença.

Somado a isso, a cereja do bolo é um projeto arquitetônico aconchegante, bonito mais enxuto.

Vai… divida comigo… quanto você acredita que custaria contratar uma arquiteta especialista em projetos para academias?

Mais um ponto para nossa Franquia!

E vamos para última etapa.

Dra. Clarissa Rios – Fundadora da Franquia DoctorFit e Responsável Técnica utilizando o nosso DoctorFit System Pro

MANUTENÇÃO x INOVAÇÃO

Este, talvez, seja o fator mais importante quando comparo franquia ao estúdio próprio.

O mundo fitness vive de ondas a anos e acredito eu, viverá por muitos outros.

Vivemos a era do Pilates, do Zumba, do Treinamento Funcional, do Crossift e vamos surfando, onda a onda, ano a ano.

Então, entendendo que mudanças são perenes e constantes, cabe a você gestor tomar frente dessas inovações, pois, sua empresa de hoje não será a mesma daqui a cinco anos.

E, inovação quando carece de tecnologia custa caro! Em um modelo de negócio como o nosso você procura ter uma empresa que te apoie a construir esse cenário sem aumentar vertiginosamente o custo, serve como um grande braço de apoio para o crescimento.

Quanto custaria desenvolver um novo aplicativo para seus alunos?

Quanto custaria um novo projeto arquitetônico com arquiteta especializada em estúdios?

Quanto custaria uma agência de marketing desenvolvendo um volume de materiais com qualidade de primeira?

Quando você está sozinho você até pode ir rápido mas em grupo você vai mais longe.

Muito obrigado por você ficar até ao final, são opiniões das trincheiras.

Um abraço e te espero aqui dentro!

Seja um franqueado DoctorFit

Deixe os seus dados abaixo para receber a ligação do nosso time de expansão.
Divulgue para todo mundo :D

Escreva seu comentário sobre esse post!