Seja bem-vindo ao fantástico mundo do empreendedorismo raiz. O fantástico mundo dos estúdios de treinamento funcional, treinamento personalizado, box de crossfit, enfim, dos modelos de negócios que estão reinventando o cenário fitness.

O mundo onde você começa empreender para fazer do seu jeito, para corrigir os erros dos seus gestores passados.

O mundo onde você ficará angustiado quando faltar dinheiro para os boletos do mês, mas também aliviado quando um aluno renova num plano anual.

Um mundo onde você se pergunta se é aquilo mesmo que quer para sua vida e, no minuto seguinte, tem a certeza quando escuta o feedback de um aluno falando que mudou de vida por causa do estúdio.

Mas… Esse sonho pode ir por água baixo. Esse sonho pode se tornar uma eterna dor de cabeça na sua vida.

Esse sonho que vai se tornando realidade na vida de milhares de profissionais da saúde e empreendedores, pode trazer consigo um cavalo de troia de dívidas, ansiedade, vergonha e vários outros pontos negativos.

Mas para que isso não aconteça e você se antecipe aos problemas que podem surgir (e eles vão surgir em algum momento), vou citar os três maiores erros de quem tem um estúdio de treinamento funcional. Tendo clareza de quais são esses erros, você consegue se antecipar às dificuldades do dia a dia do empreendedor.

Vamos lá então?

Leia também: Cinco verdades sobre abrir o próprio negócio que ninguém nunca te contou

1º: A cabeça de Profissional de Educação Física.

Eu amo minha profissão. A Educação Física me deu tudo que tenho, desde a mentalidade de como agir com os problemas, até as empresas e capital que possuo. Mas em um ponto, sou um eterno critico da nossa área: a mentalidade dos profissionais da saúde.

Nossa área ficou estagnada em ser técnica e esqueceu que o importa é o contexto.

Vemos inúmeros profissionais de Educação Física com uma carreira e currículo invejável, mas com dificuldades para ganhar dois salários mínimos, enquanto uma blogueira sem um mínimo de conhecimento técnico fatura milhares de reais mês.

O que acontece é que o mercado de trabalho não está nem ai para pós graduações, cursos de extensão, mestrado e doutorado. O mercado procura uma solução para um problema especifico, e quem entrega essa solução para um maior número de pessoas acaba levando a fama e o dinheiro. Não estamos falando de o produto ser bom ou ruim, apenas de entregá-lo.

Quando vemos a blogueira com milhares de seguidores vendendo métodos de treino de 12 minutos, podemos até julgá-la pelo ato infracional, porém também temos de fazer jus a sua habilidade de conquistar seguidores.

Por isso defendemos tanto que o profissional de saúde precisa aprender que seu mundo não será apenas o tratamento para seu cliente, seu novo mundo é primeiramente conquistar uma audiência, qualificá-la, para então entregar o tratamento perfeito, caso ele queira empreender. E à medida que empreendemos em nosso negócio próprio, percebemos a real necessidade desse aprendizado.

Por isso da importância de desenvolver uma mentalidade voltada para o crescimento. Uma mentalidade onde seu foco seja voltado para evolução, para o aprendizado contínuo. Onde você observe que está se tornando um profissional maduro, que se desenvolve e caminha por outras áreas, sem perder sua técnica e seu conhecimento.

Concluindo esse primeiro tópico, quer continuar na área? Saia da caixinha.

2º Não ter um setor de marketing e vendas ativo.

Quem me acompanha mais ativamente sabe que essa é uma das bandeiras que mais defendo. Defendo por que os números de quem empreende no Brasil não são nada motivadores. Em torno de 20% das empresas vão fechar em dois anos e 60% em até cinco.

Com esses números assustadores, o estúdio que não possuir um processo de venda ativo está sendo levado à falência pelas mãos do próprio dono mesmo antes de abrir.

E antes que você me pergunte: mas Cristiano, conheço um amigo que possui estúdio, não faz esses processos de vendas e vive com o estúdio cheio, eu respondo. Exceção à regra. No geral, estúdios que não vendem, fecham. Por isso da importância do setor de marketing e vendas da empresa ser ativo.

Comece pelo começo: defina quem você quer atender, quem vão ser suas personas, quais canais de marketing você vai se comunicar com eles, quais processos vão ser induzidos pela empresa para acelerar a maturidade da necessidade de fazer exercício.

Não espere chegar no vermelho para contratar um vendedor. Não espere a corda estar no pescoço para pensar na melhor estratégia.

Depois, passe a estudar, criar e aprimorar um método de vendas. Aprenda como funciona a mente do seu cliente a ponto de você saber um passo a passo de como convertê-lo em cada etapa do funil. É isso que te gerará segurança para medir e escalar seu faturamento.

Marketing é o pulmão de toda empresa, vendas é o coração.

Para a próxima leitura: Marketing focado em prospectar clientes para estúdios de treinamento personalizado funcional

3º Não dar a devida atenção ao fluxo de caixa da empresa.

Então chegamos no ultimo tópico. Este é, sem dúvida, o maior gargalo das pequenas empresas no Brasil.

Então, começamos dando nome aos bois: fluxo de caixa é um instrumento de controle que tem por objetivo mostrar a real situação financeira da sua empresa. Através dos dados obtidos, apresentar todos os custos a pagar e a receber. Mostrar todas as entradas e saídas.

Somente com um fluxo de caixa bem apurado e organizado conseguimos ter transparência se a empresa é saudável financeiramente ou não. O grande problema é que os donos de pequenos negócios acabam errando em várias áreas quando falamos de fluxo de caixa.

A primeira e de maior importância é não definir um valor de pró-labore, fazendo com que vá tirando dinheiro mensalmente da conta sem dar a devida atenção.

Já em segundo é não anotar rotineiramente as entradas e saídas. Lembra que sempre comento que dados são reis? Pois bem, se há ausência de dados você não consegue ter tomada de decisão, assim ficando a mercê de como agir.

Conteúdo extra: Quanto custa abrir uma Franquia da DoctorFit e como são as etapas?

Então finalizando, espero que tenhamos ajudado com esse artigo e ficamos à disposição para mais dúvidas a respeito da nossa franquia.

Até mais!

Seja um franqueado DoctorFit

Deixe os seus dados abaixo para receber a ligação do nosso time de expansão.
Divulgue para todo mundo :D

Escreva seu comentário sobre esse post!