Por que alguns empresários parecem ser facilmente mais propensos ao sucesso enquanto outros vão à falência uma, duas, três, cinco vezes? Sorte, networking, família, dom? Acredito piamente que não existe uma resposta simples para essa pergunta, porém entre eles existe uma característica comum: uma mente focada para o sucesso!

E é sobre esse tema que vou dialogar com vocês hoje: como desenvolver uma mente focada no sucesso, assim se você almeja ter resultados expressivos e conquistar o êxito que tanto ambiciona, vamos comigo até o final, pois faremos um raio-X dessa mentalidade.

Ele será dividido em três partes, logo acompanhe essa trilogia.

Mas antes de começar o diálogo sobre o tema, precisamos ter clareza sobre o que é uma mente focada no sucesso? O que significa isso em termos práticos, palpáveis?

– Existem algumas denominações, mas a minha é essa: uma mente focada para sucesso é uma mente decidida a conquistar um objetivo específico, com metas, datas e motivos claros de o porquê está decidido a conquistar aquele objetivo.

Então depois dessa introdução, vamos separar em tópicos para ficar mais claro.

Começando por esse primeiro:

“O NOSSO MAL NÃO É A IGNORÂNCIA E SIM A INÉRCIA”

Ao que tudo indica essa frase foi escrita por Andrew Carnegie, o qual foi um dos maiores empreendedores e filantropos da história do capitalismo. Carnegie trabalhou desde novo, era analfabeto, porém uma pessoa que amava o conhecimento e o trabalho.

E essa é a primeira característica de muitos deles: trabalho duro.

Eles observam o trabalho como uma continuidade da sua vida pessoal. Não separam vida pessoal e vida profissional. Não há o termo CPF x CNPJ, eles vivem de forma intensa principalmente os primeiros anos de seus negócios.

Para quem almeja comprar uma franquia nossa, acreditando que inicialmente irá trabalhar seis, oito horas, venho quebrar a primeira objeção, isso não existe.

Vou explicar algo fundamental agora, então preste muita atenção: quando falamos de empreendedorismo, não existe o termo “média”, trabalhar na média de quando se é funcionário, oito horas diárias, de segunda a sexta-feira, com salário, décimo terceiro, férias, vale refeição e vale transporte.

Você vai trabalhar com cargas exaustivas, com risco, com a ansiedade e com muito trabalho duro, passando tranquilamente dessas oito horas convencionais.

Se você não fizer isso, prepara-se para quebra ou resultados minúsculos.

O mercado não aceita aquele que trabalha pouco.

Tópico dois:

“QUEM TEM UM POR QUE, ENFRENTA QUALQUER COMO”

Victor Frankl foi um dos maiores expoentes do por que viver um propósito é fundamental para sobrevivência e é dele essa frase.

Recomendo fortemente seu livro “Em busca do sentido” se você não o conhece, nele o mesmo relata como sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz. Descreve todas as etapas de viver aprisionado com pouca comida, trabalho sobre humano, dormitório insalubre e todas as piores experiências para qualquer pessoa.

O conceito do seu livro que faz referência sobre o tópico dois é o ato de você entender que está passando pela jornada, mas possui um propósito totalmente definido.

Espero que fique claro para você que não há como fazermos uma comparação entre o dia a dia do empreendedor e a vida num campo de concentração.

O que quero trazer à tona nesse tópico é que você tem de ter um propósito específico para estar empreendendo.

Somente o dinheiro não será motivo suficiente para manter você motivado nos dias mais desgastantes, assim, algo sempre muito importante para lembrar: cada etapa da sua vida terá seu motivo de importância.

Pode ser que no seu primeiro negócio, seu propósito específico seja a subsistência da sua família; no segundo pode ser passar experiência para mais jovens; no terceiro agregar para sociedade seu modelo de negócio disruptivo; o ponto aqui é ter clareza de qual é seu propósito definido.

Por fim, o último tópico desse artigo:

A VONTADE DE GANHAR DEVE SER IMENSAMENTE MAIOR QUE O MEDO DE PERDER”

Como já explicado no capítulo anterior, empreender é trabalhar com o risco, entender que crescer dói, que as incertezas irão fazer parte do seu sucesso e mesmo assim você crer com fé e vontade que vai dar certo, que o caminho será próspero e você tem mais a ganhar do que a perder.

Isso é mentalidade de sucesso.

É trabalhar em todos os momentos com pensamento muito mais voltado para o sucesso do que para o fracasso, é desenvolver uma mentalidade com foco recluso para observar oportunidade mesmo em meio ao caos, mesmo diante dos infortúnios.

Vamos à um exemplo?

Até seis meses atrás jamais imaginaríamos que aconteceria esse caos no Brasil, nunca imaginaríamos que nossos estúdios teriam que parar de uma hora para outra, que de um dia para outro passaríamos a atender nossos clientes online.

Poderíamos estar sofrendo durante toda essa pandemia, sentados com o rosto envolto de lágrimas de tristeza, chorando pelo caos que se instaurou em nossa vida, mas fizemos totalmente o contrário. Observamos primeiro o que deveria ser feito, como deveríamos nos adaptar, qual aprendizado teríamos com aquela situação e como sairíamos dessa crise mais fortes e mais antifrágeis.

Isso é uma mentalidade voltada para o sucesso! É desenvolver uma atitude mental positiva para todos, mesmos diante do desespero.

Ainda falando sobre antifrágil, escrevi um artigo em 2019 sobre ser antifrágil e acredito fielmente que faça total sentido para o momento que estamos passando. Clique aqui para ler.

Um abraço e até o próximo texto!

Seja um franqueado DoctorFit

Deixe os seus dados abaixo para receber a ligação do nosso time de expansão.
Divulgue para todo mundo :D

Escreva seu comentário sobre esse post!