Os anos de empreendedorismo, as experiências coletadas de outros gestores e as horas de estudo tentando entender e compreender outras crises anteriores, mostram que não existirão facilidades para os próximos meses, mudará todo o processo de experiência do seu cliente e sua empresa precisará se renovar e inovar para permanecer de pé.

Assim, convido você a admitir que essa será a pergunta de um milhão de dólares: como sobreviver a pandemia?

É uma pergunta a qual pouquíssimas mentes conseguem responder com segurança e honestidade, e eu não me encontro entre elas, o que tenho certeza absoluta em escrever aqui é que algumas características serão sempre utilizadas pelo ser humano de sucesso.

E é sobre essas características que quero deixar registrado hoje, pois ao aplicá-las em seu modelo de negócio, independente qual ele for, tenho certeza que você irá superar essa faze caótica, permanecendo no mercado com mais experiência e mais corpo.

Essas características como já explicadas em alguns artigos anteriores, fazem parte do Empretec, quando voltarmos ao normal, você tem seis meses para fazer esse curso, pois será necessária ainda mais preparação.

Beleza? Então vamos comigo!

Tópico 1: Busca de Oportunidades e Iniciativa.

Primeira: Aja com proatividade, antecipe-se às situações.

Antes de entrarmos no cerne da questão precisamos entender o conceito de proatividade, busquei essa definição no artigo científico de uma autora chamada Meyri Kamia.

A mesma descreve proatividade como um comportamento definido num conjunto de comportamentos extrapapel em que o trabalhador busca espontaneamente mudanças no seu ambiente de trabalho, solucionando e antecipando-se aos problemas, visando assim a metas de longo prazo que beneficiem a organização.

Após entender o conceito vamos ao que interessa: nos últimos vinte anos vivemos a era de ouro do tema proatividade/produtividade. Nunca falou-se e escreveu-se tanto sobre esses temas quanto nessas décadas, os motivos embora vastos recaem sempre sobre o tópico: maior desenvolvimento intelectual e produtivo do ser humano.

Vou explicar.

O brasileiro é extremamente trabalhador, isso é inegável, os números provam o que falo, porém ele é muito menos eficiente quando comparado ao americano, por exemplo.

Enquanto um americano prepara-se em média 120 a 140 horas anuais para qualificar-se para sua função a média do brasileiro é 30, dessa maneira produzindo muito menos, pois não possui a preparação base para melhor desempenho.

Agregado a esse tópico, a falta de tecnologia e infraestrutura afetam totalmente as empresas brasileiras, gerando menor produtividade ainda.

Logo o conceito proatividade/produtividade recai nesse contexto: como você vai querer que seu funcionário seja proativo e produtivo se o mesmo estuda pouco, lê pouco, tem pouco conhecimento em tecnologia e não possui recurso para aumento de produtividade do trabalho?

Faz sentido para você?

Não existe lógica nessa cobrança, então aqui o feedback, inclusive me incluo nele: para fazer seu funcionário ou você mesmo ser mais proativo/produtivo treine-o com mais frequência e intensidade e invista em tecnologia.

Segunda: busca a possibilidade de expandir seus negócios

Além de toda preparação necessária para ser um empreendedor de sucesso, como por exemplo desenvolvimento de mentalidade, conhecimento financeiro, gestão, vendas, área técnica dentre outros, existe o contexto sorte aqui, timing, o que dentro de qualquer modelo de negócio é fundamental.

E quando a sorte encontra a preparação, ai o resultado aparece.

E essa sorte será abraçada pelo objetivo de expandir o seu negócio, de ganhar Market share, de aumento o potencial de lucro, pois empresa que não busca ganhar novos mercados e expansão, está fadada a falência, a ser vendida, ou pior: os dois!

Veja bem, não quero falar que você tem de dobrar de tamanho a cada ano, que deve aumentar trimestralmente em cem suas receitas, o que procuro deixar claro é que sua empresa tem de ter um plano de crescimento para expansão dos negócios.

Vou trazer alguns modelos para você pesquisar depois:

  • Cresce com lojas próprias, onde você aumenta o espaço que atende assim podendo acolher maior número de clientes.
  • Expande pelo modelo de Franquias, ao qual após colher sucesso como empreendedor, replica-se em manuais e processos sua maneira de gerir e guiar a empresa.
  • Aumenta o número de vendas através de e-commerce assim tornando-se uma empresa que observa e vive o omnichannel, visto que o digital é fundamental.
  • Compra um concorrente, dessa maneira aumentando seu Market share no mercado.
  • Adiciona mais itens no seu mix de serviço, acrescentando assim faturamento na sua receita.

Enfim, o correto é se atentar ao melhor modelo que se adapte a seu perfil, e procurar especialistas para ajuda-lo nesse planejamento estratégico de crescimento.

Terceira: Aproveita oportunidades incomuns para progredir

Escrevi esse tópico em nosso último artigo, leia-o após o final desse se o contexto abaixo fizer sentido para você: “quando em sã consciência imaginaríamos que os personais trainers e estúdios iriam migrar durante meses somente para um celular ou computador”? 

Nunca havíamos imaginado isso, não passava pela cabeça da grande maioria dos profissionais de educação física. Embora soubéssemos que existe sim um número de pessoas que treinam com consultorias, em praças ou em casa, ainda o grandiosíssimo número de pessoas preza por treinar em estúdios e academias.

E a notícia boa dessa faze ruim foi a migração da grande maioria dos profissionais para o digital, aproveitando assim as oportunidades incomuns para progredir.

Em muitos de nossos estúdios já estamos atendendo no estúdio, online e em casa, logo utilizando de todos os canais de contato com o possível cliente, para que com isso não tenhamos perca de faturamento, mas sim, após o final da pandemia um aumento de faturamento.

No começo do artigo explicitei que será difícil continuar após a crise e a experiência do cliente em nossos alunos irá mudar totalmente, por isso dá importância de pensar cada vez mais no ominichannel.

Cada ocasião que aparece em nossa vida é um momento devido para evolução, tanto como profissional, quanto como pessoal.

Por fim quero deixar uma frase de um dos maiores empreendedores Brasileiro, Irineu Evangelista de Sousa, o Barão de Mauá: “As dificuldades fizeram-se para serem vencidas”.

Não desista, há pó de ouro no ar. Até a próxima!

Seja um franqueado DoctorFit

Deixe os seus dados abaixo para receber a ligação do nosso time de expansão.
Divulgue para todo mundo :D

Escreva seu comentário sobre esse post!