Em todos os negócios que possuem menor FATURAMENTO, os LUCROS estão no CUSTO, logo uma das suas tarefas principais como gestor deve ser manter os números transparentes e periodicamente abatidos ou elevados minimamente para que assim a empresa consiga ter maior lucratividade e saúde financeira.

Nesse artigo vou explicar 03 dicas práticas de como você pode diminuir ou corrigir seus custos como empresário e mudar de maneira efetiva para conseguir desfrutar de uma melhora financeira imediata.

DICA 1: FOLHA DE PAGAMENTO

Uma folha de pagamento não deve ultrapassar a margem de 40% do seu faturamento, logo em nosso modelo de negócio todo o seu atendimento e cuidado deve ser estratégico para isso.

Quando falo em atendimento quero passar o seguinte exemplo: seu negócio é um estúdio de treinamento personalizado e você promete atendimento um a um com seu cliente, mas cobra abaixo do mercado de maneira que não consegue financeiramente suprir essa demanda, consequentemente fazendo com que sua folha eleve acima do normal.

Analise os seguintes cenários:

Estúdio 1 – Tem 100 alunos e cobra 100,00 por cliente para atendimento personalizado. Esses 100 alunos consomem 10 horas dias desse estúdio de maneira que sejam necessários 2 professores para cada 50 alunos.

Cada professor recebe R$ 3.000,00 reais por 5 horas trabalhadas, logo a folha de pagamento corroeu 60% do faturamento do estúdio.

Estúdio 2 – Tem os mesmos 100 alunos e cobra agora R$ 200,00 por cliente para atendimento personalizado. Esses 100 alunos consomem as mesmas 10 horas dias desse estúdio de maneira que sejam necessários os mesmos 2 professores para cada 50 alunos.

Cada professor recebe R$ 3.000,00 reais por 5 horas trabalhadas, logo a folha de pagamento corroeu 30% do faturamento do estúdio.

Entenderam a lógica?

Muitas vezes o empreendedor pensando que está agindo de maneira sábia diminui o custo da sua aula achando que vai estar atraindo uma nova clientela, porém o tiro acaba saindo pela culatra.

Para entender um pouquinho mais sobre o financeiro esse artigo está em nosso blog há algum tempo. Leia ele e qualquer dúvida manda mensagem para gente.

https://bit.ly/2NHmvYE

 

DICA 2: ALUGUEL

Esse é um ponto muito importante que merece muita atenção por parte do empreendedor. O aluguel está incluso no seu custo fixo, então uma vez locada a sala dificilmente conseguirá mudar o valor a ser pago, sendo em números de suma importância não ultrapassar a porcentagem de 8% a 11% do seu faturamento bruto.

Mas se eu não sei qual é ou qual será meu faturamento como posso saber se estou dentro dessa margem?

Para isso há a necessidade de iniciar um bom plano de negócio colocando os valores das salas que você tem numa tabela visando entender qual a melhor sala que pode locar dentro do seu provável orçamento.

Como calcular provável faturamento Máximo:

Número máximo de alunos Valor Médio de Mensalidade Faturamento Bruto Aluguel
200 R$ 150,00 R$ 30.000,00 R$ 2,400,00 a 3.300,00

Agora se você já locou a sala e tem um contrato a cumprir resta apenas uma estratégia na sala: aumentar faturamento do local.

Para isso você pode retirar sua recepção (se tiver) para aumentar o espaço de aulas e/ou pode revender mercadorias no local para aumentar o faturamento afim de entrar nos 8% a 11%.

Uma de nossas estratégias na DoctorFit é locar salas para parceiros como nutricionistas, médicos, fisioterapeutas e psicólogos. Além de você diminuir o custo da locação, acaba agregando um serviço extra para seus clientes.

 

DICA 3: TAXAS BANCÁRIAS

Você precisa ter um relacionamento com seu banco e com seu gerente, logo não pode fugir de certos custos. Hoje o mercado oferece uma série de bancos com menores taxas para facilitar a vida do empreendedor.

Procure na sua região cooperativas que trabalhem na área da saúde. Quando você está iniciando um negócio e não possui grandes valores em dinheiro é provável que com elas você consiga melhores taxas quando comparado aos bancos maiores.

É importante você manter um relacionamento aberto de maneira que no futuro abra linhas de crédito para caso decida expandir seu negócio ou colocar uma filial. Muitos bancos até fazem isso, mas essas agências na maioria das vezes conseguem taxas melhores para você empreendedor.

Também negocie com seu gerente de pessoa jurídica descontos na máquina de cartão e boletos bancários. Hoje é fundamental você receber e emitir boletos para seus clientes. Fundamental também que o valor do boleto esteja inserido dentro do valor do cliente. Por isso, calcule os números para que como empreendedor não sofra mais descontos.

Faça uma lista de todos os serviços que você necessita e contrate apenas estes: não existe lógica em você contratar um serviço que favorece 45 docs/teds se você usa somente 15.

Lembre-se, é fundamental você ter um bom gerente e uma boa agência a seu lado, mas não esqueça de estar sempre pesquisando por melhores agências e serviços.

Para finalizar:

“CUSTOS são como unhas, devem ser aparadas periodicamente.”
“Estamos posicionados como um estúdio boutique, uma Microgym, logo nosso LUCRO está no CUSTO.”

Tem algum tema que acha importante e que devemos escrever?
Deixa um comentário aqui!

Abraço e até a próxima!

Sonhador, determinado e construtor de um mundo melhor, através do empreendedorismo e da saúde. Sócio da Franquia DoctorFit.

Escreva seu comentário sobre esse post!