Necessidade e consciência de que fazer exercício físico não é apenas questão estética é fato após essa pandemia. Do mesmo modo que a procura por estúdios de treinamento personalizado e ambientes com menor movimento será realidade mesmo em tempos não pandêmicos. E, depois da experimentação da carência afetiva para aqueles que vivem só, o agravamento da depressão e ansiedade dos isolamentos domiciliares, despertar-se-á a intensificação do contato interpessoal (aluno-professor).

Minhas cartas estão na mesa e apostaria tudo sobre cada um desses aspectos!

Nesse artigo quero dividir com você como estou motivado e esperançoso sobre o modelo de negócio da DoctorFit. Logo, se faz sentido para você querer ter um estúdio nosso, convoco a prestar atenção em cada detalhe desse artigo.

Caso haja dúvidas, como sempre, nosso contato está no final do texto.

1 – NECESSIDADE E CONSCIÊNCIA SOBRE EXERCÍCIO FÍSICO

Preciso iniciar este tópico fazendo você entender que existem jovens idosos e idosos jovens, jovens sedentários e idosos ativos, ou seja, estou querendo dizer que não é sua idade biológica que determinará se estará no grupo de risco, mas sim, seu estado fisiológico.

E por que iniciei o tópico dessa maneira?

Por que o Covid-19 mostrou que pessoas saudáveis estão tendo muitíssimo mais sucesso com a doença quando comparadas com as que fazem parte de algum grupo de risco.

Agora vem comigo…

Um estudo recém publicado onde os pesquisadores avaliaram em Wuhan 113 pessoas que foram a óbito pelo novo Coronavirus, também chamado de Sars-cov-2, apontou os seguintes números: 48% possuíam pressão alta, 21% diabetes e 14% sofriam com outras doenças cardiovasculares.

O que aponto aqui é que esses fatores de risco poderiam facilmente serem controlados, amenizados ou totalmente curados, através da prática regular do exercício físico e da melhora da qualidade de vida em todos os aspectos. Assim, se faz necessária nesse momento não apenas a conscientização da necessidade do exercício, mas dos aspectos como alimentação, sono, ansiedade e outros.

Vamos piorar antes de melhorar: dados do Ministério da Saúde aponta que um em cada cinco brasileiros (19,8%) é obeso, sendo que mais da metade da população (55,7%) tem excesso de peso.

Agora transformando essas estatísticas para números reais.

Todos sabemos que um dos países mais afetados do mundo está sendo os Estados Unidos, correto?

Vou te mostrar os números de Louisiana, por exemplo. Lá até o dia 02/04 havia acontecido 270 mortes por Coronavírus, sendo dessas: 40% tinha diabete, 25% obesidade, 23% alguma doença renal crônica em e 21% problema cardíaco.

O que associa, novamente, o fator sobrepeso/obesidade ligado com covid-19.

Logo, um dos melhores remédios para quaisquer doenças de base fisiológica é o exercício físico de maneira organizada e sistêmica.

E aí entra nosso trabalho como Profissionais de Educação Física.

Pensar em cada cliente de maneira única, planejar seu objetivo, fazer com que engaje no treinamento e não pare de maneira alguma de treinar, são papéis indispensáveis e agora muito mais reconhecidos.

Está percebendo que ao fazer a melhor entrega de atenção, cuidado e resultados a seu cliente mais fiel ele se tornará,

Exercício físico deixou de ser commodity, agora é obrigação.

Anota essa!

2 – MAIOR PROCURA POR AMBIENTES PERSONALIZADOS

Minha aposta é a seguinte: as pessoas necessitam voltar a treinar, correto?

Porém elas temem aglomeração, correto?

Com isso sinto uma esperança grandiosa sobre nosso mercado de estúdio, visto que o volume de pessoas por metro quadrado é muito menor quando comparado a academias.

O modelo de negócio dos estúdios em si potencializa o cuidado com o cliente, pois prevendo que nos próximos meses irá acontecer uma segunda onda de covid-19, as pessoas vão preferir esse ambiente com menor fluxo para manter assim um estilo de vida mais saudável e com melhor qualidade.

Imagine um estúdio nosso por exemplo: nossas salas possuem em média 100 metros quadrados e atendemos no máximo de 12 clientes por hora, isso corresponde a uma distância de 8,3 metros por pessoa.

E eu sei que a contaminação pode ser por meio de outros equipamentos, que o vírus permanece no ar por até oito horas, mas o fato de termos essa distância entre os alunos, facilitará a segurança das pessoas para voltarem a treinar.

Ademais, não utilizamos equipamentos tradicionais de musculação que são compartilhados entre alunos e que tem superfícies que permitem que o vírus fique vivo e possa contaminar outras pessoas, por muitas horas após o uso. Trabalhamos com equipamentos individualizados, facilmente higienizados após cada treino.

E num ambiente como o nosso, passar segurança para o cliente é fundamental.

3 – AUMENTO DO CONTATO ALUNO PROFESSOR

Nosso país está envelhecendo, estamos chegando na média de 30% de idosos, e esses não procuram o exercício somente pela atividade, procuram também por atenção, cuidado, bate papo, empatia.

Os casos de depressão estão batendo na marca de 5,8% das pessoas, e o exercício físico contribui significativamente para melhora, sendo perceptível a evolução dos clientes após iniciarem o treinamento.

Ansiedade, essa epidemia que assombra hoje 18,5% das pessoas no Brasil, é uma bomba atômica emocional, isso está consumindo as pessoas, independentemente de classe social, gênero ou cor.

Agora una envelhecimento, depressão e ansiedade, pronto! Você tem pessoas propensas a tornarem-se ainda mais doentes e jogadas literalmente para o grupo de risco.

Então imagine essas mesmas pessoas trancadas em casa há trinta, quarenta dias.

Quais os sentimentos delas? Como elas estão se sentindo?

Novamente lanço minhas fichas na mesa: aposto que elas estão angustiadas, sofrendo, sem vontade alguma de trabalhar, pensando apenas em comer e dormir, fora todos os outros problemas que estão lutando para superar.

Assim você consegue ter a noção da importância do contato aluno professor, da segurança em passar para o cliente que naquele local ele estará resguardado e que a mudança começou para evoluí-lo, melhorá-lo e agora não irão parar mais pois o professor está a seu lado.

Por esses e vários outros motivos que tenho total confiança que nosso mercado voltará ainda mais forte, com mais alunos e mais foco na mudança de vida.

Por fim, esse é nosso ponto de inflexão, o exato momento onde estamos nos preparando para surfar a melhor onda, então, não fique com medo dessa pandemia, ela vai passar!

AVANTE!!!

Seja um franqueado DoctorFit

Deixe os seus dados abaixo para receber a ligação do nosso time de expansão.
Divulgue para todo mundo :D

Escreva seu comentário sobre esse post!