Quando pensamos na terceira idade imaginamos um idoso andando devagar e com uma sacola de medicamentos a tira colo, ainda bem que esta não é a regra geral. Podemos modificar nossas limitações da velhice adquirindo hábitos saudáveis de vida, principalmente tornando duas atitudes importantes:

  1. ALIMENTAR-SE ADEQUADAMENTE
  2. MANTER-SE ATIVO FISICAMENTE.

A alimentação na população idosa deve ser criteriosamente planejada. O próprio processo de envelhecimento provoca uma certa anorexia, falta de vontade de comer, devido a redução da efetividade dos processos metabólicos, secreção hormonal e enzimática. Para além da parte fisiológica, muitas vezes também temos dificuldade de implementar mudanças na dieta que já está forjada durante uma vida toda!

No geral, idosos são resistentes as trocas de alimentos e a inclusão de suplementos alimentares que podem ser capazes de melhorar muito o metabolismo dos indivíduos de idade mais avançada. Sobre nutrição, vou deixar para outro momento mais dicas sobre o que poderíamos utilizar para seguir o envelhecimento com saúde e metabolismo equilibrado.

Conheça a DoctorFit – Clique aqui e saiba mais.

Hoje vou escrever um pouco mais sobre exercício!

É comum idosos estarem inativos fisicamente há décadas, o que provoca um sentimento de que não têm mais “idade” para ir para a academia! Ademais, normalmente são indicadas somente atividades aquáticas como a hidroginástica e exercícios de baixo impacto como o pilates. Não que não sejam indicados, mas as vezes parece que só isso que funciona ou que é possível para um esqueleto mais usado e enferrujado! Nada disso! O receio da prescrição de outros tipos de exercícios físicos certamente reduz as possibilidades de engajar o idoso na vida mais ativa.

Para que vocês tenham ideia, as doenças que mais afetam a capacidade de locomoção do ser humano na terceira idade são a sarcopenia e a osteoporose, ambas prevenidas e tratadas com treinamento de força e resistência muscular adicionada a exercícios de impacto.

Não estamos fazendo apologia a fazer de um idoso comprometido um corredor de elite ou um lutador de MMA, mas podemos desenvolver plenamente as capacidades físicas com objetivo de melhorar a marcha, reduzir as dores ostomioarticulares, melhorar a lubrificação articular, diminuir o progresso dos processos degenerativos como as osteoartroses, e muitas outras afecções que comprometem a autonomia dos idosos.

Portanto, se você chegar a terceira idade e estiver sedentário, sentir-se perdendo diariamente a capacidade de realizar as suas atividades do dia a dia, não desanime! Ainda há tempo para recuperar a capacidade funcional com um bom treinamento físico personalizado, com equipe especializada que não entenda puramente de exercícios físicos mas que consiga prescrevê-los de acordo com as características e necessidades individuais, no sentido de transformá-lo em um remédio para uma velhice digna e autônoma.

Assim que fazemos na DoctorFit!

Nossa fórmula inclui alimentação, exercício físico, modulação hormonal e tudo mais que for necessário para recuperar as funções orgânicas perdidas com o passar dos anos de uma forma ética e saudável.

Enfim, motive-se! Treinamento físico na terceira idade é fundamental! Sempre podemos ficar melhor, nosso corpo é altamente adaptável aos novos estímulos, mesmo na velhice!

Seja um idoso ativo e colha os benefícios do exercício físico em qualquer idade.

Conheça a DoctorFit – Clique aqui e saiba mais.

Para mais informações sobre a Franquia Doctor Fit envie um e-mail para adm@doctorfit.com.br ou WhatsApp para (49) 999662885.

Escreva seu comentário sobre esse post!